Funcionários fantasmas: TCM faz operação na secretaria de educação de Porto Seguro

Giro de Noticias - 01/12/2017 - 12:35


O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) está apurando irregularidades na secretaria de educação do município de Porto Seguro, caso como funcionários fantasmas está na pauta.

O órgão enviou um oficio para o prefeito em exercício, Beto (PP), solicitando a convocação de servidores da secretaria, o objetivo é fazer uma operação pente fino na folha de pagamento dos funcionários da pasta na gestão da prefeita afastada Cláudia Oliveira (PSD).

Outras irregularidades

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quinta-feira (30/11), condenou a prefeita afastada de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, ao pagamento de multa no valor de R$20 mil, em razão de irregularidades na contratação da Empresa Coletivo União, ao custo de R$8.287.998,40, para prestação de serviços de transporte de alunos da rede municipal, no exercício de 2013.

O relator do processo, conselheiro Paolo Marconi, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual e Federal, bem como notificação à Polícia Federal para que adotem as medidas cabíveis diante da provável prática de ato de improbidade administrativa.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS

Nome:

Texto:

Máximo de caracteres permitidos 500/



a máfia do trasporte escolar , itabela tá no meio tambéim , a taca da federal tá chegando em Itabela , aguardem
TURIBINHA

Esse pode ser um funcionário fantasma, está defendendo as irregularidades.
Olho nele.

Essa matéria é mentirosa, pois trabalho no município e conversei com os auditores e a intenção da investigação é outra e não funcionário fantasma. O site precisa apurar as fontes. Noticia caluniosa é crime.
Servidor