Docentes exigem salário no início do mês e paralisação suas atividades nesta quarta feira.

Redação - 01/06/2016 - 13:16


Os professores querem que o Município use os recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) para pagar os seus salários no último dia de cada mês sem a tolerância do 5º dia útil do mês.

De acordo com as leis vigentes os recursos do Fundeb devem ser aplicados na manutenção e no desenvolvimento da Educação Pública. No mínimo, 60% do valor devem ser destinados anualmente à remuneração dos profissionais do Magistério. Os demais 40% podem ser aplicados em ações de manutenção e desenvolvimento. Contudo, não há impedimento para que se utilize até 100% dos recursos do Fundeb na remuneração.

Cabe, então, ao prefeito em exercício, Paulo Ernesto Pessanha da Silva autorizar que a Secretaria Municipal de Fazenda pague os salários da Educação, com os recursos do Fundeb, até o ultimo dia de cada mês.

Para o prefeito o pagamento dentro do mês trabalhado e o certo, mas  é preciso fazer uma readaptação nas folhas de pagamentos já que a décadas vinha pagando os servidores até o 5º dia útil, utilizando parte de recursos do mês seguinte, com a mudança repentina tem que fazer  uma reavaliação de recursos para realizar a mudança e passar a pagar dentro do mês trabalhado.

Profissionais da Educação lembram os exemplos dos servidores do Legislativo e do Judiciário, que recebem do Executivo, em virtude do repasse do duodécimo constitucional. A decisão de buscar forma de pagar os professores  no último dia do mês é defendida pelo governo e pôr fim as paralizações  dos professores. A paralisação continuada pode fazer que o  ano letivo termine em atraso.

Hoje, os professores têm assembleia marcada com APLB sindicato. O encontro está marcado para 9h30, na quadra do Colégio Estadual. No mês passado, os servidores haviam paralisado pelo mesmo motivo, ficou decidido em assembleia pela continuidade da paralisação até que a prefeitura pague os profissionais dentro do sem trabalhado.

Com a paralização sete mil alunos ficaram sem aulas no município,  por falta de aviso a empresa responsável pelo transporte escolar transportou  os alunos  até as escola. Muitos desses alunos por falta de informação, compareceram as escolas  e outros vindos da zona rural, ficaram nas ruas até ser levados de volta para suas casas.

WhatsApp Giro de Notícias (73) 98160-3777
Adicione nosso número, envie-nos a sua sugestão, fotos ou vídeos.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS

Nome:

Texto:

Máximo de caracteres permitidos 500/



A verdade é que muitos comentam sem saber quais são os verdadeiros motivos. eu sou mãe e entendo, os professores são estatutários e por lei devem receber sempre no ultimo dia util do mês como já vem acontecendo nas cidades vizinhas. Quem tolera até o 5º dia útil são funcionários que são regidos pela CLT. Tem mais, as paralisações não estão acontecendo só por conta do descumprimento da data, mas sim por conta da segurança nas escolas, sem vigilantes, as crianças chegam por volta das 12:40h e ficam expostos ao sol e no meio da rua, por que não há um rodizio de vigilantes para abrir os portões com antecedência. As escolas estão completamente escuras. Auando a sala está bem escura na tarde dos dias nublados, os funcionários tiram lâmpadas dos corredores para colocarem nas salas
Mãe de aluno

EDUCADORES TOMA PAQUETA


Valim está usando a categoria como escada pra ser vereador. Ele é do grupo de Dini Pereira e Leleu. Ele está lutando pra que volte a época em que o pagamento só saía atrasado. Se ele ganhar pra vereador nós vamos conhecer realmente quem é esse V altim. O tempo mostrará e as máscaras cairão.
Observadora

Valim é um petista doente ele está usando a categoria para fazer campanha. Só vive na rádio de Dino Pereira. Os professores estão sendo manipulados numa manobra política e não estão percebendo. Depois vamos ver ele em cima dos palanques usando a categoria como cabo eleitoral.
Revoltada

Valim está usando a categoria como escada pra ser vereador. Ele é do grupo de Dini Pereira e Leleu. Ele está lutando pra que volte a época em que o pagamento só saía atrasado. Se ele ganhar pra vereador nós vamos conhecer realmente quem é esse V altim. O tempo mostrará e as máscaras cairão.
Observadora

engracado essas leis so aparece agora no ano politico, isso e um desrespeito a pais e aluno, valtim esta usando a classe pra fazer politica ainda tem ex prefeito que fica colocando nas redes sociais, como seu mandanto foi mil maravilhas.toma vergonha sentando no rabo pra falar dos outros.
observador

VAI TE AULA QUINTA
EU

bem feito para os professores foi vcs q quis assim agora aguente e vou logo dizer isso e so o começo o gestor certamente voltara novamente para vcs elege-lo denovo seus babacas.
aluna

os professores nao estam pensando em nossos filhos, so estam pensando neles, sempre foipago até o dia som porque é ano politico, respeitem nossos filhos
moradora

É isso msm, ñ paga no dia certo, paramos na hora certa. Feio é p/ o gestor que tenta arrumar desculpas p/ ñ fazer. E vamos continuar nessa luta, ñ adianta tentar nos calar.
PROFª

VOCE QUE ESTAR ACHANDO RUIM VAI TRABALHAR NO LUGAR DELES ,AI VOCE VAI SENTIR NA PELE COMO E DIFICIL ESTA SITUAÇAO SEM MERENDA SEM DINHEIRO E SEM TRANSPORTE .


E uma falta de respeito com os alunos pois não há necessidade de paralisar pois é isso que refletem nas ruas jovens fora das escolas por capricho do corpo docente das escolas fazer politica é fácil agora apresentar e educar os jovens são poucos dentro das escolas aqui na cidade professores vamos buscar o verdadeiro ensino e nao ir pra sala só para cumprir horário.
TROPEÇO

Faça seu papel devereador.se nao pagar sempre no ultimo dia do mes vamos para se achar ruir vai trabalha em no lugar


Esqueceram de dizer na matéria que a contra partida do município nunca foi usada para fazer o pagamento, pois temos a remuneração do fundeb fixa o que não pode acontecer pq a verba varia todo mês e é sempre pra mais,porém quando fazemos as contas do salário do servidor sempre tem sobras que nunca foram repassadas aos mesmos


O RECURSO CHEGOU DIA 30,PORQUE NAO PAGA OS PROFESSORES E DEMAIS SERVIDORES...
professor

O dinheiro já ta na conta da prefeitura não paga por que não que, qual quer desculpa nós não podemos aceitar.
Diana Arrego