Polícia Militar apreende dois adolescentes acusados de matar professor em Jucuruçu.

Redação - 20/10/2018 - 09:34


A Polícia Militar de Jucuruçu apreendeu durante a noite desta sexta-feira (19/10), dois adolescentes acusados de ter matado um professor Romildo, cujo corpo foi encontrado durante a quinta-feira (18/10), nas imediações da Fazenda Monte Azul, interior de Jucuruçu.

Segundo a polícia, após o achado do corpo de Romildo, os militares receberam várias informações a respeito da autoria do crime, rondas foram feitas até que os suspeitos foram vistos e tentaram correr fugi indo numa mata, mais acabaram sendo alcançados.

 Os adolescentes de 14 e 17 anos foram detidos e com eles a polícia encontrou uma faca tipo peixeira e o celular da vítima, os dois foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil de Itamaraju, a polícia informou ainda que um dos suspeitos já havia roubado uma moto e torturado uma mulher dias atrás.

Os suspeitos foram apreendidos numa propriedade rural na região do município de Guaratinga, onde ficaram escondidos após o crime .

Os adolescentes de 14 e 17 anos utilizaram uma faca para tirar a vida do professor Romilson Oliveira Pereira, que foi localizado sem vestimentas, criando indícios de um crime passional.

Os acusados revelaram detalhes do crime às autoridades policiais. O menor de 17 anos, contou que convidou o professor para ir até uma área de pastagem com o intuito de manter relação sexual com ele. O menor de 14 anos já estava esperando escondido no local para ajudar a cometer o crime.

No local o menor pediu que a vítima tirassem as roupas e se ajoelhasse. Foi neste momento em que desferiu uma facada atingindo o peito do professor que mesmo ferido saiu correndo e foi perseguido. Com a ajuda do menor de 14 anos ele foi imobilizado e morto.     

A polícia acredita que a motivação do crime foi uma divida de R$ 2.000.00 que o adolescente de 17 anos contraiu com o professor. Ele nega e diz que o motivo foi à insistência do professor em manter relações sexuais com ele.

Os menores foram encaminhados para a delegacia da polícia de Itamaraju, atendendo ao plantão regional. Os menores deverão prestar depoimento à delegada plantonista, ficando na sequência à disposição da justiça.

O corpo do professor foi encontrado sem uma orelha e sem os órgãos genitais  e apresentava lesões feitas por arma branca (faca) nas costas, na barriga e em volta do ânus. A agressão foi tanta que arrancou os testículos da vítima. A crueldade com que o professor foi morto chocou a comunidade de Jucuruçu.

A polícia  esclarece ainda, os dois acusados são Tio e Sobrinho e já foram alunos do professor.

 Fonte Bahia Extremo Sul

WhatsApp Giro de Notícias (73) 98160-3777
Adicione nosso número, envie-nos a sua sugestão, fotos ou vídeos.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS

Nome:

Texto:

Máximo de caracteres permitidos 500/



os viadinho come a caça e matá ela.a pau no .. desses safado .


Tem que mostrar o rosto deles mesmo.meninos novo já com assassinato nas costa


É revoltante ver um comentário desse.o cara dezer q viado tem morrer mesmo.Aonde fica o amor à vida?Quem somos nós pra fazermos justiça com nossas própriaa mãos. Eu sou evangélico e ñ tenho nada com opção sexual de ninguém.Mais aonde tem defeitos tem concertos.E ñ é dessa forma q um ser humano deve agir.meus sentimentos aos familiares.Q Deus vos conforte.
Raimundo Castro. Montinho

Viado tem quer morre amigo e jete do mesmo jeito.nao quer achou certo o legal ser viado mais e jete sim fosser seu filho o pai irmao nao jugei para nao ser jugado ta e faltano e deus no coraco das pessoas.amar o proxino.
Macelo

Viado tem que morrer mesmo rapas
BOLSONARO 2018

Misericórdia! Tanta violência com um ser humano que pensava tanto nos outros, um bom amigo e excelente profissional! Deixará Saudades!
Vanete

Esses filas ta putas tem que apodrecer na cadeia
Kau

Mostro um mostro desse a polícia não tem q ocupa cadei tem q mandar direto pra o cemitério
Revoltada

Um vagabundos desse tem salvação 14 ano ja matando deixa ele Bolsonaro esta vindo ai
Lo